Buscar
  • Construtora Incorporare

Caixa anuncia carência em prestações de contratos habitacionais

Atualizado: Jul 1


Diante do cenário conturbado que estamos vivendo, devido à pandemia de COVID-19, é fundamental estar bem-informado sobre as medidas econômicas que estão sendo anunciadas, com o objetivo de ajudar as pessoas a se organizarem financeiramente. Entre elas, está a suspensão do pagamento de financiamentos imobiliários durante alguns meses.

Essa medida foi feita pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, no início deste mês. Além dela, outras medidas relacionadas às suas despesas fixas, como empréstimos pessoais, eletricidade e internet também foram discutidas.

Para ajudá-lo a se atualizar sobre essas iniciativas, listamos as principais ações publicadas até agora!



Clientes inadimplentes


A Caixa também informou que pessoas que estejam com as parcelas do financiamento imobiliário atrasadas (61 até 180 dias de atraso) devem procurar o banco para renegociar o contrato, incluindo uma pausa no pagamento ou pagamento parcelado.


Clientes adimplentes, ou que tenham até duas parcelas em atraso, poderão fazer o pagamento parcial do financiamento por até 90 dias ou solicitar uma pausa no pagamento das mensalidades pelo período de 90 dias.


Saldo do FGTS para amortização da dívida


Caso você vincule a sua conta do FGTS ao pagamento de parte da parcela do seu financiamento, poderá pedir ao banco que suspenda, por até 90 dias, o pagamento da parte do financiamento que não é coberta pelo Fundo de Garantia.

Você ainda pode verificar a possibilidade de usar seu saldo do FGTS para amortizar parte da dívida ou pagar parcelas em atraso. Essa é uma maneira de usar esse dinheiro a seu favor, uma vez que ele fica retido em uma conta especial com baixo rendimento.


Pagamento de outros débitos


Sabemos que o pagamento das mensalidades do seu financiamento é apenas um dos itens que compõe o seu orçamento doméstico. Por isso, é interessante contextualizar as informações divulgadas pela Caixa com outras ações anunciadas pelo Governo.


Eletricidade, Água e Telefone


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) orientou as operadoras a não cancelarem o serviço de telefonia e internet de clientes inadimplentes. Caso o corte ocorra, o serviço deverá ser restabelecido em até 24 horas. A eletricidade e o fornecimento de água são realizados por concessionárias ou estatais estaduais, portanto cada estado poderá ter suas próprias determinações. No Paraná, por exemplo, tramita um projeto de lei que pretende proibir o corte desses serviços e o pagamento parcelado, posteriormente, dos débitos.



Imposto de Renda (IR)


O prazo para entregar o IR foi prorrogado até o dia 30 de junho. Contudo, o cronograma para o pagamento das restituições está mantido e deverá ocorrer a partir do mês de maio, terminando em setembro.



Dívidas em bancos


Neste tópico, não abordaremos o financiamento imobiliário, mas outros tipos de débitos. Os bancos abriram a possibilidade de prorrogar os débitos em até 60 dias. Contudo, essa renegociação não é válida para o cartão de crédito e cheque especial.



Suspensão do pagamento de financiamentos imobiliários


As pessoas que contratarem um financiamento a partir do dia 13 de abril de 2020 terão seis meses de carência no pagamento das mensalidades do seu financiamento. Essa decisão tem como objetivo evitar que o cidadão desista da sua compra ou se torne inadimplente no decorrer do ano.


Já os contratantes que haviam feito o financiamento anteriormente, ganharam três meses de carência nos pagamentos das parcelas. A Caixa informou que essas medidas são iniciais e que podem ser alteradas, concedendo mais tempo de carência ao consumidor, caso o Governo identifique essa necessidade.


O Villaggio Bérgamo é um empreendimento Incorporare que faz parte da iniciativa de Suspensão do pagamento de financiamentos imobiliários, confira o site do residencial para mais informações: www.villaggiobergamo.com.br

Todas as negociações descritas neste artigo não são feitas de forma automática. É necessário que o cliente procure a empresa e solicite o adiamento ou o desejo de renegociar débitos.

Em relação aos financiamentos imobiliários, você pode buscar mais informações pelo site da Caixa, aplicativo ou pelos telefones 0800 726 8068 (renegociação) e 3004-1105 e 0800 726 0505 (informação).

Sabemos que tantas mudanças geram ansiedade, por isso, estaremos atentos às principais novidades, com o objetivo de informá-lo adequadamente. Cuide-se e lembre-se que este momento tumultuado é passageiro.

Compartilhe este material com seus amigos pelas redes sociais para ajudá-los a entender as novas regras de financiamento da Caixa.

#incorporare #minhacasaminhavida #curitiba #apartamentoemcuritiba #caixa #carencia

263 visualizações

Realização:

Logo_2.png

Alameda Princesa Izabel, 1808, Curitiba-PR | CEP: 80730-080

Comercialização | Curitiba e região:

Contato:

Copyright © 2020 . Incorporare

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram